Conhecendo uma vizinha maravilhosa

Categoria: 

Bom dia leitores aqui da casa.

Bom, faz tempo que não publico nada, mas, as coisas estão a todo vapor.

Me chamo Ricardo (Ficticio), moro na região de Barretos SP. Moreno Alto, corpo normal, 1.85 de altura e 105kg. , barba por fazer....

Bom vamos ao último acontecimento que faz umas duas semanas. Moro num bairro muito bom aqui da cidade e ainda tem poucas casas, mas já tem algumas vizinhas maravilhosas.

Como de costume saio para passear com meus dogs a noite e sempre via uma ou outra vizinha a lavar a calçada ou guardando o carro, coisas do dia a dia.

Uma vizinha me chamou muito atenção, seu nome Fernanda, divorciada, um filho, loira com um corpo lindo. Aquele corpo de mulher formada, não de academia, de uma Dona de casa que se cuida. Olhos claros, deve ter 1,68 de altura.

Um dia desses parei ao lado dela e falamos sobre a segurança do bairro que não estava muito boa e nisso acabamos trocando whats para um poder avisar o outro sobre qualquer coisa estranha. Juro que não tive a intenção de cantar ela. Afinal moro com uma pessoa e ela era minha vizinha.

Depois de uns dois dias conversando eis que surgiu uma conversa de elogios e com isso fomos nos abrindo cada vez mais um com o outro e o inevitável aconteceu. Aquele desejo de beijar, de sentir aquela boa gostosa hummmmm. Bom comecei a fazer elogios mais ousados e ela sempre muito educada respondendo com outros elogios mais ousados ainda.

Era o que eu queria. A essas alturas já estávamos loucos de vontade um do outro e começamos a nos encontrar. O primeiro encontro foi a noite. Dei uma desculpa qualquer em casa e sai a pé. Andei tres casas e um terreno e lá estava Eu. Plantado em frente a casa dela olhando para todos os lados kkkkkk. (Preocupado). Bom, ela abriu o portão e sem uma palavra se quer nos beijamos até perder o fôlego, minhas mãos passando no corpo dela toda, levantri aquele vestido florido de folhas secas e senti a magnitude daquele rabo imenso engolindo sua calcinha, meu tesão foi a mil, virei ela de costas , falei pra ela colocar as maos no balcão da churrasqueira e me abaixei ficando de joelhos com minha face bem de frente com aquele objeto de desejo, puxei a calcinha de lado em meio aos beijinhos e elogios e vi aquele anelsinho rosado me convidando a lamber. Ela deu um jeito e empinou aquele bumbum lindo e com as duas mãos abriu mais ele me pedindo para dar um beijo, foi um dos beijos mais tesudos que dei, minha lingua forçando a entradinha e a cada passada de língua suas pernas branquinhas perdiam a força e tremiam, em diversas vezes tive que segurar ela para ela não ir ao chão. Estávamos perdidos em meio aos desejos da carne, meus pensamentos nas alturas, ela se inclinou mais e ficou com as pernas esticadas e com as duas mãos no chão, pessoal, era uma visão maravilhosa, aqueles lábios rosados e aquele grelinho era convidativo demais rsrs, passei a chupar aquele bucetinha tesuda como se fosse a última da terra, parecia um cachorro lambendo, sentir as pernas bambearem novamente e os gemidos foram aumentando e nessa posição, chupando aquela bucetinha e fodendo ela com meus dedos a fiz chegar ao pleno gozo. Uma gozada épica pra ela, pois ela estava a uns 3 meses sem gozar. Pessoal, escorreu pela perna toda, e quanto mais eu chupava ela mais ela gozava, até que ela me pediu para parar, me levantei e já tirei o pau pra fora ela veio e me retribuiu me chupando com maestria até me fazer gozar.Nesse dia não houve penetração, mas, foi um maravilhoso primeiro encontro. Passados uns 20minutos, fui me embora, não podia demora mais. Dei beijo nela e fui embora. Cheguei em casa em 40 segundos, me lembrei do que havia feito e precisava me limpar kkkkkk, estava cheirando a buceta no meu rosto e barba, abri a torneira e me lavei como pude. Dei uma desculpa sobre os cachorros e ninguém percebeu.

Aquela noite fomos dormir eletrizados. Queríamos mais!

Marcamos um outro encontro mas dessa vez com calma, seria durante o dia na casa dela.

Mas esse fica pra próxima.

Espero que curtam e perdoe os erros.

Esse conto é real e ainda esta sendo.

Segue meu e-mail se alguém quiser uma visita... Pode me procurar!

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201709665