Em busca da Deusa sonhada - A Descoberta

Categoria: 

Vou continuar minha história de como fique louco por Cíntia! Caso não tenha lido meu primeiro conto... Recomendo para que entenda esta segunda parte.

Estava bem cansado após aquela transa pensando em Cíntia, acordei por volta das 18:00 e Lucas mexia na churrasqueira.

Saí de meu quarto lembrando de todo o barulho que eu havia feito com Isa e admito que fiquei com muita vergonha, que aumentou ainda mais quando fui abordado por Lucas:

Lucas - Hey maninho, chega aí.

Eu - Fala aí vei... Acho que até sei

Lucas - Que cochilo em velho kkk, tu é um cara de sorte

Eu - Porque de sorte po? É normal um casal fazer isso , mas na moral desculpa pelo barulho, estrapolei...

Lucas - Vei , vou mandar o papo reto pra ti, eu não sei o que fazer cara ... To tentando comer a Cíntia já faz muito tempo e ela diz não estar preparada. Dá uma ajuda cara

Ao ouvir esta frase me veio uma alegria que jamais senti antes.

Eu - Complicado cara... Já tentou deixar ela a vontade? Respeita o tempo dela po!

Lucas - Osso mano, já fazem 6 mesês, mas esquece isso

Eu - Tranquilo vei, isso é normal

Ajudei ele a ascender a churrasqueira enquanto ouvia risadas de Cíntia e Isa vindas da sala, colocamos as carnes continuamos conversando sobre futebol até que as mesmas ficassem prontas.

Lucas - Meninas venham comer...

Após aquela chamada , surgiu novamente a menina mais linda indo em minha direção... Ela estava simplesmente maravilhosa: Uma blusinha cinza com um decote bonito, porém nada excessivo (Massss... já me deixou de pal duro)

Um shortinho Jeans , tamanho normal e chinelo. Você pode pensar que ela não estava nada demais, mas pra mim estava!

Novamente nossos olhares trombaram , tentei disfarçar e ela também...

Conversa vai e vem, rimos muito e vários olhares entre eu e Cíntia foram trocados... Mas com muito cuidado para não ser notado. Até que Lucas pediu licença e se retirou para dormir e Isa me chamou para irmos também, dei um migué dizendo que ia tirar as sobras de carnes da grelha e já estava indo.

Fiquei sozinho com Cíntia na área da churrasqueira e cheguei para puxar um assunto:

Eu - Oi

Cin - Oi

Eu - Noite quente né?

Cin - Nem me fale

Eu - Cintia... Você está sentindo algo por mim?

Cin - Que pergunta é essa Gio kkk

Eu - Desculpa... não consigo parar de pensar em você , não fala nada disso pro Lucas por favor, me desculpa por ter falado isso.

Cin - Ei , não vou falar pra ele ... To sentindo algo estranho quando olho pra você sim...

Após esta frase Cintía se aproximou, me deu um Selinho muito rápido e correu para seu quarto dando um grito na frente de meu quarto: BOA NOITE ISA!

Fui as nuvens , sentei na mesa pensando se realmente tinha acontecido ... enrolei um pouco e fui ao meu quarto, tomei um banho e de toalha deitei ao lado de Isa dando-lhe um beijão de língua (Imaginando que fosse em Cíntia), as nossas linguás se cruzavam , como se estivessem se conhecendo naquele momento. Explorava cada detalhe de sua boca, e dava pequenos chupoes nos lábios.

Isa - Porque você tá tão foguento assim! Nossa , kkkk

Segurei o cabelo de Isa e cheguei bem perto de seu ouvido

Eu - Cala a boca, e me obedece

Tirei sua calcinha começando um Oral... Passava minha língua por todo canto daquela buceta, imaginava como seria a de minha Deusa , dançava com minha linguá desde o ânus até o finalzino de sua buceta... chupando intensamente e loucamente ouvindo o gemido de Isa (E novamente pensando como seria o de Cíntia).

Estava tão louco que a coloquei de quatro e sem cobiçar começei a estocar forte... Coloquei até a mão em sua boca para evitar novamente o ''SHOW''.

Fudia sem dó, eu queria ser dono, queria ser o macho, dominar... Mas não daquela fêmea que estava na minha frente, e sim a que estava do quarto do lado. Senti escorrer gozo pela buceta de Isabelle que anunciava estar adorando mesmo com minha mão em sua boca...

Até que senti que era minha hora, retirei rapidamente minha tora de sua buceta e atolei em sua garganta , despejando todo meu leite para aquela fêmea sedenta , que de tão sedenta não deixou uma gota sequer de minha porra cair.

Cai para o lado , e logo em seguida Isa caiu em meu peito , me despedi e parti para mais uma noite de sono, pensando em minha Deusa, criando histórias em minhas cabeça prometendo a mim mesmo que comeria Cíntia.

Continua... Pessoal , vou continuar minha história caso tenha um bom feedback , críticas construtivas são bem-vindas e elogios também!

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201712800