Loirinha novinha bem safadinha

Categoria: 

Meu nome é Rafael tenho 23 anos sou negro alto com 183 e 82 kg. Sou solteiro moro com meus pais e minha irmã mais nova. Minha irmã sempre traz amigas suas do colégio para estudar eu não dou muita atenção porque em sua maioria são menores e de problemas corro longe.

Mas esta semana eu estava na sala assistindo TV quando minha irmã chegou com uma colega sua, linda loira de seios médios e um par de bunda deliciosa daquelas que qualquer homem ver e já imagina enrabando.

Minha irmã me apresentou sua nova amiga recém chegada de outra cidade seu nome era Giovana eu me interessei mais ainda quando soube que tinha 22 anos. Deliciosa loirinha dos olhos azuis. Ambas ficaram conversando eu tentei fingir que não ouvia, mas foi impossível não se interessar com a conversa delas enquanto estudavam sentadas na mesa da copa.

Mas Giovana eu não tenho namorado respondia minha irmã, tudo bem querida você não tem namorado, mas lá na minha cidade eu tinha os ficantes, tipo assim gostava do carinha era beijos abraços e transava, era muito gostoso.

Compreendo mas eu vou esperar ter meu namorado não quero só transar sem ser com namorado minha irmã afirmou.

Giovana respondeu tudo bem você quem sabe, mas eu quero muito é transar e já estou louca porque tem quase uma semana que não dou!

E ficaram estudando e começou a chover forte faltou energia Giovana ficou preocupada em querer ir para casa aí minha irmã perguntou se eu poderia leva-la?

-Claro que levo é agora ou pode ser mais tarde?

Giovana respondeu que eu que resolvia o horário, a energia voltou tomamos café as duas ficaram papeando era 21 horas quando eu disse que já tinha passado a chuva que poderia ir, perguntei se minha irmã queria ir.

Disse que não que ia arrumar a cozinha e dormi.

Eu entrei no carro e esperei Giovana entrar, perguntei onde morava e fui dirigindo eu sabia onde era a rua da casa dela, dirigi por uns 5 minutos quando olhei para ela e vi suas pernas longas de fora, eram branquinhas mas bem grossas.

Muito tesuda eu olhava para suas pernas e para seu rosto, ela percebeu que eu estava olhando foi ai que perguntei seu nome e se tinha namorado.

Meu nome é Giovana não tenho namorado, prefiro ficar, ela respondeu.

Como é seu ficar porque o meu ficar é beijar abraçar alguns momentos de sexo e pronto eu respondi.

Ah então o meu ficar é assim também!

-Olhei para ela enquanto estava parado em um semáforo segurei em sua mão beijei e falei...Então Giovana quer ficar comigo hoje?

-Ela me olhou e disse já é tarde?

-E tarde mas dá pra esquentar para um encontro amanhã depois da aula?

-Caracas não era minha intenção, mas a moça abusou do poder de sedução, ela chegou perto de mim e me deu um beijo de tirar o fôlego e perguntou isto responde a sua pergunta?

Responde sim do jeito que eu quero. Assim eu dirigi mais algumas quadras e entrei em um motel.

Ela não fez objeção alguma entramos fui logo tirando sua blusa, até que cheguei nos peitos, comecei chupando os dois, deixei ela meladinha minha mão escorregou eu fiquei alisando sua bucetinha por cima da calcinha de renda que já estava meladinha ai afastei um pouco para o lado e meti dois dedos, fiquei acariciando de um lado a outro. Sua respiração ofegante era ouvida pelo quarto.

Levei-a até a cama deitei eu fiquei em pé aí fui tirando minha roupa fiquei só de cuecas, Giovana alisava minha pica por cima da cueca até que tirou e viu minha pica preta, com cabeça avermelhada babando.

Segurei e apontando para ela eu falei gosta?

Ela balançou a cabeça e caiu de boca me chupando. Ai foi inevitável um 69 fui por cima e aos poucos forçava minha pica em sua garganta, ela dava conta chupando com muita maestria.

Sua bucetinha de pelos claros e ralos era deliciosa, em pouco tempo ela gozou suguei cada gota. Depois que ela gozou eu botei ela de quatro no meio da cama me encaixei e enfiei minha picona tesa preta nela, ficamos um bom tempo naquele vai e vem delicioso só ouvindo os gemidos de Giovana e seus pedidos para meter com força que ela gostava.

Foi ai então que depois de um bom tempo fodendo gostoso sua bucetinha, eu sentei apoiado na parede ela veio sentou-se no meu colo e minha pica entrou de vez dentro naquela buceta quente e molhada ela começou a quicar encima de mim de maneira intensa.

Que gostoso! Ela estava tarada e gemia como se tivéssemos só nós no motel, seus gemidos escandalosos atiçavam mais ainda meu tesão que eu me segurava para não gozar.

Pedi pra ela se segurar um pouco que eu queria aproveitar cada segundo deste encontro inesperado e que daqui por diante teríamos muitos e nada ia nos atrapalhar!

Peguei Giovana no colo coloquei ela deitada na beirada da cama ajoelhei a seus pés abri suas pernas e a chupei!

Chupei como um louco, sua buceta apertadinha era muito deliciosa! Aí senti novamente seu gozo.

Giovana puxava minha cabeça de encontro a sua buceta, saboreie cada gota de seu mel. Ela então não resistiu gozou gemendo muito alto!

Estava louco para gozar ai...

Então eu resolvi então colocá-la de quatro apoiada com as mãos na cama eu em pé e com força novamente comecei a estocar com muita vontade, sempre alisando sua bunda lisa e branquinha, metia com estocadas fortes e vigorosas enfim senti seu corpo estremecer eu acelerei só parei quando gozamos juntos.

Logo depois fomos tomar um banho ainda fizemos uma sacanagens, depois fui leva-la para casa no outro dia Giovana estava em minha casa nos cumprimentamos como se nada tivesse acontecido entre nós.

Mas foi apenas para minha irmã não desconfiar. Depois deste acaso eu e Giovana sempre nos encontramos e fazemos sexo constante. A putinha é muito fogosa e eu não nego fogo.

Agora decidimos assumir o namoro minha irmã gostou e sempre Giovana dorme lá em casa é claro comigo na minha cama. Como meus pais ficam mais no sitio não desconfiam de nada. Então aproveitamos

O que menos se faz na noite é dormi.

O sexo se tornou mais livre e fazemos de tudo.

A safadinha loirinha em contraste com minha cor negra, se desdobra em saciar minha fome de buceta. Ela não tem bobagem e entra de cabeça na relação e sempre fazemos oral e anal é tudo que todo homem deseja uma mulher sempre disposta a se realizar na cama.

Se é para foder que não se pode é ficar com vontade.

Leiam meus outros contos no meu blog

Docecomomel (hgata)

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201710384