O dia em que transei com minha prima

Categoria: 

Olá a todos do portal Casa dos Contos!

Hoje contarei um fato que ocorreu na minha vida quando eu tinha 15 anos, hoje tenho 20 anos, e só de lembrar já fico com o pau duro. (Mesmo com namorada e tals).

Bem, tudo começou quando as 3hrs eu fui na casa dela, atras do meu primo, quando cheguei lá, ele não estava, e só quem se encontrava naquela ocasião era minha prima, ela era nem alta nem baixa, tinha um corpo de violão, era morena e bonita, muito mesmo, e eu era mais ou menos, alto e moreno com corpo bem definido para minha idade. Bem retomando o assunto... Eu falei:

- Yanca, (seu nome) você sabe pra onde Eduardo foi? (Eduardo era meu primo).

- Não sei Sam (Eu), se não me engano ele foi jogar uma bola.

Ela sempre me chamava de Sam, e era muito gostoso ouvir esse apelido carinhoso vindo dela, e o meu primo safado marcou de me encontrar na casa dele pra nós bater um racha, e ele nem me esperou, fiquei putasso, mas como ela tava lá sozinha comigo, fiquei um pouco alegre e puxei assunto.

- Ei Yanca, vou ver um pouco de TV aqui, posso?

- Claro né, nem precisa pedir.

- Que horas tio e tia volta?

- As 5Hrs.

Era 3hrs da tarde, e eu tava impaciente, querendo alguma ação, e eu nem precisei ir atras, porque ela veio e se sentou no sofá perto de mim, ela encruzou as pernas e virou aquele rabão pro meu lado. Imediatamente Chronos despertou e eu não conseguia disfarçar porque eu tava com aqueles shorts de jogar bola, e ela lançou um olhar e depois tirou com um sorriso no rosto, nessa hora que eu pensei "Eita porra, fodeu, ela me viu de pau duro e vai contar pros pais dela, e eu vou passar uma vergonha da porra". Então derrepente ela me pergunta:

- Posso me deitar com a cabeça nas suas pernas?

- Pode.

Quando ela se deitou, cara eu não consegui aguentar, eu juro, o meu pau ficou duro igual uma estaca de ferro, e eu tava tipo "Como que ela não tá sentindo isso, ou ela é muio sem noção, ou ela tá só me atormentando", bem pra minha alegria foi só atormentando mesmo, porque depois ela se virou e encostou aquela boca no meu pau com short e tudo, cara vou te contar, que sensação maravilhosa, depois que ela fez isso eu disse:

- Ei Yanca, o que você tá fazendo?

- Não seja idiota, eu senti seu pau pulsando atras da minha cabeça.

- Yänca, e se alguém vir?

- Relaxa, a porta tá trancada e ninguém vem uma hora dessas pra cá.

E ela começou a tirar meu short, e minha cueca, e começou a fazer um boquete sensacional, e eu tava quase gozando, toda hora eu mandava ela parar, porque eu não tinha controle, e ela chupava tão gostoso que era quase impossível não gozar em 10 segundos, depois disso eu mandei ela sentar no sofá, e fui lamber aquela xota maravilhosa, bem apetitosa, que delicia de xana meu amigo, eu que tinha experiência em ver os atores pornô chupando as mulheres né, comecei a chupar, e ela tava tipo:

- OOOHH, continua que tá gostoso.. AAAH... OOOHHAA... Isso... Assim... OOOH

Aquilo tava me dando uma vontade de enfiar o Chronos nela que eu não aguentei e falei:

- Fica de 4 no sofá que eu quero te comer.

Ela me obedeceu, e ficou. E eu coloquei o pau naquela vagina gostosa e começamos nossa transa que só de lembrar me dar vontade de ir comer ela outra vez (Impossível). Enfím ela era muito safada, e eu não tinha percebido isso, na hora que eu tava comendo ela, ela falava:

- Me come com força, vai... isso... que pau gostoso...

Eu nem tinha o pau grande, era uns 16cm, mas ela tava gostando, e gostou muito mesmo, trocamos de posição e eu comi ela de bruços, eu metia tão forte que ela dava altos gritos, e eu tava pouco se fodendo se o vizinho tava escutando, tava muito bom, e nossos diálogos era:

- AAAAAAHH Mete vai, mete... OOOH

- Sua puta, você é uma puta! VADIA!

- Sim, sou mesmo agora fode essa buceta!!!

Até que eu falei:

- Yanca...

- O que é, enfia com força!!

- Deixa eu por no seu cú

- Pedindo desse jeito, eu deixo você gozar na minha boca.

MANO QUE FRASE, eu coloquei naquele cuzinho apertado, não entendo porque ela deixou, mas enfim, sorte minha porque eu fiz meu trabalho, comi com gosto. depois gozei naquela boca dela. Depois ela falou pra eu ir embora, porque se meu tio visse ela comigo, ia perguntar que horas cheguei e ia perguntar aos vizinhos também, ai eu fui embora e quando foi as 4:30hrs meu primo me liga pra nós bater um racha, mandei ele se fuder e fui dormir, depois de uma bela transa que infelizmente nunca irá acontecer denovo :(

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201709486